Estamos em guerra 728×90

 

André Borges Mendes foi morto a tiros no centro de Vilhena/Foto: Reprodução Rede Social

O policial penal André Borges Mendes, de 36 anos, foi executado a tiros na noite de domingo, 9, no pátio de um posto de combustível, no centro de Vilhena.

De acordo com informações do boletim de ocorrência, registrado na Unidade Integrada de Segurança Pública (Unisp), uma testemunha contou à polícia que estava na conveniência do posto bebendo com a vítima e em dado momento escutou vários tiros e viu André Baleado cair no chão e após sacou sua arma tipo pistola e efetuou vários tiros, com isso, saiu correndo ficando sabendo depois que seu colega identificado pelas iniciais N.P, também tinha sido alvejado na perna esquerda, além disso, uma garota também foi atingida por um disparo no pé.

André morreu no local e o suspeito de atirar e matar o policial penal fugiu numa bicicleta sentido a Rua Paulo Rogério Fornari.

O caso já está sendo investigado pela Polícia Civil.

Estamos em guerra 468×60

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO