Heloísa Portela / Foto: Divulgação

Um artigo escrito pela coordenadora do curso de nutrição da Unesc, professora mestre em nutrição e saúde Heloísa Portela, foi publicado recentemente na revista científica internacional “Nutrición Hospitalaria”, de Madrid, na Espanha.

A coordenadora da Unesc desenvolveu uma pesquisa sobre os efeitos do extrato da planta Abajeru (Chrysobalanus icaco) na adiposidade e seu mecanismo de ação na expressão gênica e protéica da acetil-CoA carboxilase (ACC), uma enzima essencial na lipogênese, que é a formação metabólica de gordura, ou seja, a transformação de materiais alimentares não gordurosos em gordura corporal.

A pesquisa foi feita em laboratório, em ratos wistar, onde foram divididos em um grupo regular ou controle (GC) e um grupo com dieta rica em gordura (DFC). “Dois grupos alimentados com dieta hiperlipidica foram tratados com solução salina e extrato aquoso de Chrysobalanus icaco (AECI) por quatro semanas. O peso corporal e a ingestão de alimentos foram avaliados. Amostras de tecido adiposo subcutâneo, retroperitoneal e periepididimal foram coletadas e pesadas e os adipócitos do tecido periepididimal foram isolados e analisados. Nisso, a expressão gênica e protéica de ACC no tecido subcutâneo foi determinada”, detalha a coordenadora do curso de nutrição da Unesc.

Com a pesquisa da professora Heloísa Portela, foi possível avaliar que o extrato aquoso da planta Abajeru mostrou-se benéfico para o tratamento da obesidade, impedindo o armazenamento de gordura e melhorando a homeostase glicêmica. A professora destaca a importância do desenvolvimento de mais estudos para a comprovação da eficácia sobre a utilização do extrato para o tratamento da obesidade em humanos.

O artigo “Effect of na aqueous extract of Chrysobalanus icaco on the adiposity of Wistar rats fed a high-fat diet na Revista internacional Nutrición Hospitalaria” foi publicado em julho e está disponível no link https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/32686442/

O Chrysobalanus icaco L. é um vegetal pertencente à família Chrysobalanaceae, conhecida popularmente como Abajeru, guajuru, guajiru, ariu, abajiru e ajirú. É um arbusto ou árvore de até 10 metros e possui folhas variadas, flores em racemos, geralmente esbranquiçadas, e drupas comestíveis, especialmente quando postas em conservas. O frutos também são comestíveis. O Chrysobalanus icaco ocorre em regiões costeiras tropicais das desde a Florida a Sul do Brasil.

sicoob credisul
vacina 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO