Estamos em guerra 728×90

 

Foto: Assessoria

Na noite de terça-feira, 11, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) em Ji-Paraná, interceptaram um carregamento de dois quilos de cocaína, transportados pela passageira de um ônibus.

À equipe, a infratora afirmou que furtou a droga de traficantes, próximo à casa onde vivia, em Rio Branco – Acre.

A mulher disse não saber para quem ou por quanto venderia os dois quilos de cocaína, transportados junto ao corpo, escondidos em uma cinta modeladora.

Acreditou que poderia lucrar um bom dinheiro com essa “oportunidade de negócio”. Segundo estimativas do Departamento de Polícia Rodoviária Federal, um quilo de cocaína pode render mais de R$ 40 mil aos traficantes, a depender da forma e preço de venda.

Estamos em guerra 468×60

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO