Município de Cerejeiras / Foto: Divulgação

Três cerejeirenses procurou a Delegacia de Polícia Civil (DPC) para relatar que foram vítimas de estelionatários.

No primeiro caso, a vítima contou que ao verificar seu extrato bancário percebeu que haviam compras no cartão de crédito que não foram feitas por ela. Ainda segundo relato, não emprestou seu cartão a ninguém e solicitou o cancelamento das compras.

No segundo registro, a vítima contou que alguém usando a foto de seu filho no perfil de WhatsApp através do telefone 9 9993-9590 mandou mensagens pedindo dinheiro emprestado. O agente ainda mandou dados de uma conta em nome de Fábio Batista Bahia, porém ela desconfiou que se tratava de um golpe e não fez o depósito.

Na outra ocorrência, uma pessoa identificada apenas por Pedro Henrique, se passando por gerente da empresa Cred Fácil, entrou em contato oferecendo um empréstimo. Precisando do benefício, a vítima solicitou o valor de R$ 20 mil.

Com isso, algumas pessoas alegando serem funcionárias enviaram contrato e pediram cópias de seus documentos pessoais, além de solicitar os seguintes depósitos R$ 480,00 e R$1.298,17 em nome de Mariah Coelho dos Santos, R$ 1.024,00 e R$ 1.285,07 em nome de Mayra Priscila Amantini.

Os supostos funcionários informaram a vítima que havia sido depositado a quantia de R$ 21.298,17, porém ao verificar junto ao banco percebeu que não havia valor algum e que havia caído em um golpe.

sicoob credisul
vacina 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO