Novos casos confirmados nesta quarta-feira / Foto: Divulgação

Vilhena registrou 65 novos casos confirmados de vilhenenses com covid-19, sendo 38 por RT-PCR, 26 por teste rápido e um por análise clínico-epidemiológica.

Foram identificados ainda 31 resultados negativos, 42 novos casos suspeitos e 40 recuperados.

Dessa forma, Vilhena registra até as 20h de hoje: 2.895 casos confirmados de vilhenenses, nove positivados moradores de outras cidades, 41 óbitos de vilhenenses, nove óbitos de moradores de fora e 148 casos suspeitos.

Há atualmente no município 364 casos ativos de moradores de Vilhena, bem como 2.490 já recuperados e 12 transferidos.

Há 18 pacientes internados em isolamento na Central de Atendimento à Covid-19, sendo oito na UTI, dos quais quatro com necessidade de respirador do sexo masculino com 53, 67, 69 e 71 anos, bem como quatro pacientes na UTI sem necessidade de respirador, dois do sexo feminino com 31 e 65 anos e dois do sexo masculino com 47 e 69 anos.

Outros 10 pacientes estão internados na Enfermaria da Central, sendo cinco do sexo masculino com 41, 63, 68, 70 e 83 anos e cinco do sexo feminino com 46, 61, 73, 74 e 83 anos. Dos internados, todos têm resultado positivo para covid-19. A taxa de ocupação de leitos da Central de Atendimento à Covid-19 é de 50% (sendo 80% na UTI e 38,4% na Enfermaria).

A direção do Hospital Regional de Vilhena, responsável pela Central, informou que dois destes pacientes em internação na UTI ficarão por poucas horas no local, passando por recuperação momentânea.

Assim, a taxa de ocupação da UTI retornará a 60%. Ao mesmo tempo, a Secretaria Municipal de Saúde (Semus) explica, novamente, que, conforme a lei n° 5.285, alcançar a taxa de ocupação de 80% na UTI permite, e não obriga, a Prefeitura a adotar medidas de fechamento (lockdown) no município.

Há ainda, segundo a Semus, a previsão de ativação de novos leitos de UTI na Central nos próximos dias, elevando consideravelmente a capacidade de internação de pacientes graves. A medida deverá permitir à Prefeitura dobrar o número de leitos disponíveis para UTI e dar mais fôlego ao munícipio no atendimento aos casos de covid-19 com maiores complicações.

1.155 MORTES EM RO

O Estado registrou até hoje 55,7 mil casos confirmados e 1.155 óbitos. No Brasil o número de casos confirmados já ultrapassou 3,952 milhões, com 122,6 mil mortes. No mundo são 25,9 milhões de casos confirmados e 860 mil mortes.

sicoob credisul
vacina 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO