HR de Vilhena: Foto: Extra de Rondônia

Odanilo de Oliveira, foi esfaqueado durante uma briga com a esposa P.B.M., a lesão foi profunda e acertou a veia femoral, no qual levou a vítima a morte dois dias após a ocorrência. O crime ocorreu no dia 23 de fevereiro de 2020, na Rua 1513, no Bairro Cristo Rei, em Vilhena. Relembre (AQUI).

O inquérito foi aberto no dia 12 de março pelo delegado Núbio Lopes de Oliveira, titular da Delegacia de Homicídios de Vilhena.

De acordo com Núbio os fatos se deram durante uma briga do casal, porém, ambos estavam embriagados e na ocasião P., alegou que estava sendo agredida pelo marido quando se apossou de uma faca tipo peixeira e para se defender desferiu um golpe na perna dele.

Após esfaquear o marido, ela saiu correndo para rua com a faca na mão pedindo socorro. Odanilo foi levado para o Hospital Regional pelo Corpo de Bombeiros.

Contudo, à primeira vista, o delegado de plantão na época acatou a ocorrência como lesão corporal, sendo ela colocada em liberdade para responder ao processo.

Entretanto, após a morte da vítima, ocorrida dois dias após internação, o delegado Núbio Lopes mudou o rumo das investigações para apurar em que circunstâncias reais se deu o assassinato.

Após um longo caminho de oitivas, sendo ouvidas diversas testemunhas, chegou-se a conclusão que P., ao pegar a faca com aproximadamente 25 centímetros de lâmina, sabia que poderia causar lesões graves, inclusive a morte. Com isso, P., foi indiciada por lesão qualificada seguida de morte. P., responde ao processo em liberdade.

sicoob credisul
vacina 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO