Principal avenida da cidade de Corumbiara / Foto: Acervo Extra de Rondônia

O presidente da Câmara de Corumbiara, Valdinei Espíndola, o popular “Caverinha”, protocolou, no início da semana, o ofício 134/2020 no Ministério Público (MP), solicitando intervenção do órgão junto à administração municipal visando melhorias no setor de saúde pública.

Ele pede providências quanto ao quadro de médicos da Unidade Mista de Saúde de Corumbiara que – segundo ele – há tempo sofre com a falta de profissionais no quadro e, neste período de pandemia, a crise piorou.

“Nos últimos dias estamos apenas com três profissionais atendendo semanalmente em Corumbiara”, argumenta.

“Casverinha” informou que solicitou ao Executivo a aplicação do percentual máximo de adicional de insalubridade aos profissionais de saúde no período de pandemia com efeitos retroativos e há um projeto de gratificação de plantão extra aos servidores da secretaria municipal de saúde, além de contratação emergencial de médicos e outros profissionais de saúde. “Porém, até a presente data nada foi feito pelo prefeito”, desabafa.

Disse, ainda, que o Poder Legislativo não tem medido esforços para contribuir com o Executivo.

“Nossa comunidade não pode ficar à mercê da sorte, tendo que escolher o dia de ficar enfermo, haja vista que não são todos os dias que se tem médico para prestar atendimento no hospital”, pondera.

 

>>> LEIA, ABAIXO, O OFÍCIO NA ÍNTEGRA:

 

sicoob credisul
vacina 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO