Aeroporto Brigadeiro Camarão, em Vilhena / Foto: Divulgação

Na próxima sexta-feira, 11, às 14h, será realizada uma videoconferência entre procuradores da República do Ministério Público Federal (MPF), representantes da empresa Azul Linhas Aéreas, da Agência Nacional de Aviação (Anac), da Secretaria Nacional de Aviação Civil (SAC), do Departamento de Estradas e Rodagens do Estado de Rondônia (DER), dos poderes Executivo e Legislativo de Vilhena (RO) e do Sicoob Sul.

A reunião terá como tema a reestruturação do aeroporto de Vilhena, que teve a única rota aérea, fornecida pela Azul Linhas Aéreas, interrompida por alegação de falhas na segurança do local.

Em junho, o MPF enviou ofício à companhia aérea Azul, ao DER, à SAC do Ministério da Infraestrutura e à Anac pedindo esclarecimentos sobre as medidas que pretendiam adotar para evitar o cancelamento dos voos no Aeroporto Brigadeiro Camarão, em Vilhena.

Outra solicitação feita pelo MPF foi para saber da Azul informações sobre as tratativas realizadas com a administração do aeroporto e quais medidas alternativas seriam disponibilizadas pela companhia aérea para atender as pessoas que necessitam se deslocar dentro e fora do Cone Sul do estado.

sicoob credisul

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO