Estamos em guerra 728×90

 

Foto: Ilustrativa

No Noroeste paranaense, as más condições das pastagens de inverno contribuíram com o cenário de escassez de boiadas e escalas apertadas, que resultaram em alta de 2,2% no preço do boi gordo ou R$5,00/@ na última quarta-feira na comparação com a última terça-feira 08.

Segundo levantamento da Scot Consultoria, na região, a cotação da arroba do boi gordo ficou em R$240,00, considerando o preço bruto, à vista, R$239,50/@, com desconto do Senar, e R$236,50/@ com desconto do Funrural e Senar.

No Tocantins, o quadro é o mesmo, de pouca oferta de gado para abate. Com isso, a cotação da arroba do boi gordo subiu R$2,00, ou 0,9%, no comparativo diário, e está em R$240,00/@ e R$238,00/@, bruto e à vista, nas regiões Norte e Sul, respectivamente.

Em São Paulo, a cotação da arroba do boi gordo ficou estável na comparação feita dia a dia em R$240,00/@, à vista e bruto, R$239,50/@ com desconto do Senar e R$236,50/@ livre de Senar e Funrural, para o “boi comum”.

Estamos em guerra 468×60

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO