Estamos em guerra 728×90
Ex-prefeita Rosani Donadon / Foto: Divulgação

E parece que o mistério está chegando ao fim.

Devido à pressão de aliados políticos, a ex-prefeita Rosani Donadon (PSC) deve disputar o pleito eleitoral deste ano em Vilhena.

Fontes do Extra de Rondônia revelam que, apesar da negativa de Rosani de encarar as eleições, aliados estariam convencendo-a de entrar na disputa pela principal cadeira do Palácio dos Parecís.

Porém, ainda não há nada definido, já que o nome da deputada estadual Rosangela Donadon, do PDT, uma das principais lideranças do grupo, também é cotada na disputa.

O Extra de Rondônia mandou mensagem à ex-prefeita, mas não respondeu. Porém, aliados de Rosani explicam que ela está apta juridicamente a participar das eleições, caso seja confirmada nas convenções, que será realizada  na Rua Deofé Antônio Geremias, nº 326, no Bairro Jardim América, com início às 19h, em Vilhena.

RETROSPECTIVA

Rosani Donadon foi eleita em outubro de 2016 após derrotar nas urnas Eduardo Japonês (PV). Assumiu à prefeitura em janeiro de 2017 e ficou no mandato até 29 de abril de 2018 quando o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu pelo indeferimento do registro de sua candidatura. Dessa forma, os 21.356 votos que recebeu nas eleições de 2016 foram invalidados.

Logo em seguida, assumiu o cargo de prefeito, interinamente, o então presidente da Câmara, Adilson de Oliveira (PSD), até as eleições suplementares de 3 de junho. Mesmo com registro indeferido, Rosani disputou o pleito, sendo derrotada por Eduardo Japonês que obteve 21.520 mil votos.

Estamos em guerra 468×60

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO