Estamos em guerra 728×90
Novos casos confirmados nesta quarta-feira / Foto: Divulgação

Vilhena identificou 36 novos casos confirmados de vilhenenses com covid-19, sendo 22 por RT-PCR, 11 por teste rápido, um por vínculo epidemiológico e dois por análise clínica-epidemiológica.

Além disso, foram registrados 17 resultados negativos, 41 novos casos suspeitos e 64 recuperados.

Dessa forma, Vilhena registra até as 19h de hoje: 3.355 casos confirmados de vilhenenses, nove positivados moradores de outras cidades, 52 óbitos de vilhenenses, nove óbitos de moradores de fora e 103 casos suspeitos.

Há atualmente no município 361 casos ativos de moradores de Vilhena, bem como 2.942 já recuperados e 12 transferidos.

A taxa de letalidade da pandemia em Vilhena é de 1,54%. No Estado a taxa está em 2,07%, no Brasil em 3,03%, na América do Sul em 3,19% e no mundo em 3,15%.

Há 16 pacientes internados em isolamento na Central de Atendimento à Covid-19, sendo quatro na UTI, dos quais três com necessidade de respirador, dois do sexo feminino com 25 e 62 anos e um do sexo masculino com 72 anos, bem como outro paciente na UTI sem necessidade de respirador do sexo feminino com 62 anos. Outros 12 pacientes estão internados na Enfermaria da Central, sendo 10 do sexo masculino com 39, 52, 54, 56, 56, 60, 64, 67, 77 e 94 anos e dois do sexo feminino com 44 e 59 anos. Dos internados, todos têm resultado positivo para covid-19. A taxa de ocupação de leitos da Central de Atendimento à Covid-19 é de 44,4% (sendo 40% na UTI e 46,1% na Enfermaria).

61,2 MIL CASOS CONFIRMADOS EM RO

O Estado registrou até hoje 61,2 mil casos confirmados e 1.269 óbitos. No Brasil o número de casos confirmados já ultrapassou 4,384 milhões, com 133,2 mil mortes. No mundo são 29,7 milhões de casos confirmados e 938 mil mortes.

Estamos em guerra 468×60

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO