Estamos em guerra 728×90

 

Fotos: Divulgação

Na manhã de segunda-feira, 21, Kauê Mendes, de 6 anos, recebeu uma surpresa dos policiais militares do 3º BPM, de Vilhena.

Os militares surpreenderam a criança com a visita das guarnições até a residência dele, com direito à continência da tropa ao mini admirador da corporação.

ADMIRAÇÃO

No mês de agosto, os policiais militares realizavam patrulhamento noturno próximo à praça Nossa Senhora Aparecida, no centro da cidade, quando Kauê se aproximou e começou a conversar com o Sargento Walter. O menino pediu para tirar fotos e fez amizade com a guarnição de serviço, demonstrando ser fã da Polícia Militar.

Motivados pela admiração do pequeno à Polícia Militar, os policiais que estavam na guarnição resolveram fazer uma surpresa para Kauê indo até a residência dele visita-lo, entregando presentes e prestando a continência ao pequeno – gesto que significa respeito e honra para os militares.

A iniciativa voluntária e espontânea foi apoiada pelos empresários locais Anilton Santos, da Digitall Comunicação Visual que colaborou com um banner de fotografias e pelo Dione Bianchini, da Delta Artigos Militares que colaborou com uma camiseta da PM/RO exclusiva para o Kauê.

O DIA DA VISITA

Cerca de um mês depois, chegado o dia da entrega, os policiais militares posicionaram-se enfileirados em frente à casa do Kauê, prestaram continência, entregaram os presentes e o pequeno ainda foi contemplado com o “Diploma Amiguinho do 3º BPM” pelo reconhecimento à admiração ao trabalho realizado pelos militares da corporação.

“A alegria expressada no rosto do nosso amigo Kauê não tem preço e tenho certeza que esse momento ficará marcado positivamente na vida dele, será sempre nosso amigo”, finalizou o 3º Sargento Walter.

Estamos em guerra 468×60

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO