Tenente morto por bandidos/Foto: Reprodução

O governador do Estado de Rondônia coronel Marcos Rocha, tão logo soube da emboscada contra o tenente RR Figueiredo Sobrinho, na tarde de sábado, 3, em uma das linhas de Mutum-Paraná, distrito de Porto Velho, determinou ações rápidas da Polícia Militar para prender os criminosos que agiram covardemente contra o oficial PM e três familiares que se encontravam no local.

De imediato uma equipe de policiais militares foi ao local, mas foi surpreendida pelos assassinos com tiros de arma de grosso calibre. O tenente Ferraz, respondendo pelo Comando do Batalhão de Polícia de Fronteira foi alvejado no abdômen, socorrido às pressas para Porto Velho, passou por cirurgia e está estável.

O sargento Rodrigues, alvejado por um tiro ficou inconsciente, o sargento Vaz e o cabo Pisa, ambos componentes da Força Tática do 5º Batalhão, alvejados respectivamente na mão, e de raspão na cabeça, foram atendidos em um posto de saúde em Jaci-Paraná e passam bem.

“Lamentamos o fato que nos deixa bastante entristecidos e desejamos aos familiares e amigos do tenente Sobrinho nosso mais profundo sentimento e rogamos a Deus nosso Pai em confortar a todos”.

sicoob credisul

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO