Wanderley Araújo / Foto: Divulgação

O advogado Newton Schramm de Souza protocolou na Justiça Eleitoral ação de impugnação de registro de candidatura do pecuarista Wanderley Araújo Gonçalves, que disputa o cargo de prefeito no município de Chupinguaia, na região sul de Rondônia.

Araújo foi intimado para se defender no prazo de 7 dias.

Na ação, o causídico alerta para a suposta inelegibilidade de Araújo em decorrência de contas rejeitadas pelo Tribunal de Contas quando era presidente da Câmara no biênio 2.011/2.012.

A denúncia cita a concessão de diárias e passagens aéreas sem a devida liquidação de despesa e a correspondente prestação de contas, além eventual prejuízo ao erário público ao promover o pagamento de seus próprios subsídios, enquanto presidente da Casa de Leis, em valor superior a 20% dos subsídios pagos aos deputados estaduais.

“Não há dúvidas, portanto, quanto à subsunção deste fato ao disposto no art. 1º, I, g, da Lei Complementar nº 64/90, porquanto as condutas praticadas por Wanderley Araujo durante sua gestão à frente da Presidência da Câmara de Vereadores do Município de Chupinguaia causaram prejuízo ao erário e, por isso, também caracterizam vícios insanáveis que configuram ato doloso de improbidade administrativa”, destaca a ação.

O site entrou em contato com a coordenação de campanha de Araújo, e informaram que se manifestariam em breve.

>>> LEIA, ABAIXO, A AÇÃO NA ÍNTEGRA:

IMPUGNACAO A CANDIDATURA DO WANDERLEI ARAUJO EM CHUPINGUAIA

 

 

sicoob credisul

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO