Eduardo Japonês em reunião com servidores / Foto: Divulgação

O prefeito Eduardo Japonês (PV) se reuniu com servidores municipais das secretárias de Obras (Semosp) e Agricultura (Semagri) e fez um balanço de sua gestão, além de abordar temas polêmicos que ainda não havia se manifestado publicamente.

O conteúdo foi publicado pelo jornalista Mauro Fonseca, através da página “Vilhena 24 horas”  no Facebook.

Na oportunidade, Japonês revela os reais motivos de não cumprir com a promessa de aprovar o Plano de Carreira, Cargos e Salários dos servidores municipais (PCCS), que foi motivo de ter tido o apoio dos servidores na eleição suplementar de 2018 na qual foi eleito. Disse que não tinha recursos. Mas, garante “apertar o cerco” com as cobranças de impostos – o máximo possível – para a concretização do PCCS, embora tenha dito que “há muitos deputados mandando dinheiro para nós”.

Contudo, reconhece que deixou os servidores livres para votarem em quem quiser. “Eu não cumpri com vocês. Eu mereço pagar pelo que fiz”, admite.

Japonês também disse que recebeu reclamação de um empresário por colocar a Patrícia da Glória como vice. “É uma discriminação. Porque ela não pode ser uma vice-prefeita? Só porque ela é negra, pobre, mulher, gorda?”, disse.

Também, sobre o Imposto Predial Territorial Urbano (IPTU), o prefeito afirma que “foi uma conquista para Vilhena”

A reunião também serviu para que o prefeito fizesse um desabafo contra dois atuais críticos ferrenhos de sua gestão: a vice-prefeita Maria José da Farmácia – que chamou Japonês de ditador – (leia AQUI e AQUI) e o empresário Jaime Bagatoli.

Japonês afirmou que a vice-prefeita queria portarias. “Vocês estão vendo Maria José batendo em todo lugar? É portaria. Cortei as portarias dela de R$ 4,5 mil. Antes eu era o ‘cara’ e hoje sou um ditador, um capeta pra ela”, desabafa.

Na reunião, uma pessoa cita o nome do empresário Jaime Bagatoli e o prefeito responde: “outro covarde. Ele é um covarde. É um dos homens mais ricos da cidade”.

O site deixa espaço aos citados na matéria para eventuais esclarecimentos.

 

>>> veja o vídeo na íntegra AQUI

sicoob credisul

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO