Foto: Ilustrativa

Rondônia registrou uma queda de quase 30% na produção de suínos. É o que revelou a Pesquisa da Pecuária Municipal (PPM), divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Segundo o levantamento, entre 2015 e 2019 o número de cabeças de suínos caiu de 210 mil para 163 mil no Estado. No ano passado os maiores rebanhos estavam nas seguintes cidades: Porto Velho (7 mil cabeças), Cacoal (6 mil cabeças), Machadinho D’Oeste (5 mil cabeças), Corumbiara (5 mil cabeças) e Vilhena (5 mil cabeças).

GALINÁCEOS

O IBGE diz que foi registrado uma queda na produção de galinhas em Rondônia. Em 2015 eram 3,7 milhões de cabeças e, em 2019, esse número caiu para 3,1 milhões, representando uma diminuição de 16%.

“Apesar de o rebanho rondoniense ter diminuído, Alto Paraíso, Porto Velho, Vilhena, Cacoal e Espigão D’Oeste apresentaram aumento”, diz o instituto.

Atualmente, os municípios com mais galináceos são: Vilhena (658 mil cabeças), Cacoal (566 mil cabeças), Porto Velho (285 mil cabeças), Rolim de Moura (96 mil cabeças) E Espigão D’Oeste (91 mil cabeças).

sicoob credisul

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO