Wanderley Araújo / Foto: Divulgação

O candidato a prefeito Wanderley Araújo Gonçalves, que lidera a coligação “Chupinguaia, crescer é preciso”, teve seu registro de candidatura indeferido pela Justiça Eleitoral

A decisão, obtida pelo Extra de Rondônia, foi divulgada às 22h24 desta terça-feira, 20.

Contudo, horas antes, o registro do seu candidato a vice, professor Vilson Ramos, também havia sido negado pela Justiça (leia mais AQUI).

O juiz eleitoral Eli da Costa Junior negou o registro em virtude de quatro condenações proferidas pelo Tribunal de Contas do Estado de Rondônia (TCE/RO) quando Wanderley era presidente da Câmara de Chupinguaia.

Um deles trata do próprio aumento do pagamento dos seus subsídios de janeiro a setembro de 2010. Outro refere-se à realização de pagamento no valor de R$ 36 mil sem a correspondente liquidação da despesa e também em razão do desaparecimento de processos administrativos n° 30/2012, referente a serviços de cerimonial em sessões itinerantes e  serviços de pintura do prédio da Câmara); o terceiro trata da  ausência de desconto e recolhimento de contribuições previdenciárias  e pagamento de diárias sem a devida prestação de contas, porquanto efetuada sem observância das formalidades legais.

O prazo da inelegibilidade vai até 03 de janeiro de 2026.

 

>>> LEIA ABAIXO A SETENÇA NA ÍNTEGRA:

INDEFERIMENTO WANDERLEY ARAUJO CHUPINGUAIA

 

 

sicoob credisul

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO