Floresta amazônica terá ajuda de drones das tribos indígenas para detectar desmatamento

Grupos de direitos indígenas e a ONG WWF International, que atua nas áreas de conservação, investigação e recuperação ambiental, estão começando a treinar tribos indígenas para o uso de drones, de modo que possam ajudar a proteger a floresta amazônica e identificar, juntar evidências e relatar sobre atividades madeireiras ilegais.

A organização se juntou à Associação de Defesa Etnoambiental Kanindé para oferecer um curso de operação de drones para cinco tribos indígenas.

Com os drones, as tribos criaram imagens de alta resolução e vídeos e identificaram coordenadas GPS de locais de exploração madeireira, além do habitat principal de algumas espécies vulneráveis e extinção. ​

Esse projeto pode custar cerca de R$ 10 mil para equipamentos e treinamento por grupo.

sicoob credisul

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO