Mauro Nazif / Foto: Divulgação

Após audiência virtual, no dia 19, entre o deputado federal Mauro Nazif (PSB -RO) e os sindicatos Simero, Sindsaude, Sinderon e Sintraer, com o conselheiro do Tribunal de Contas do Estado de Rondônia (TCE-RO) Benedito, foram demonstradas as complicações que poderiam acontecer com a implantação do ponto eletrônico nas unidades de saúde do Estado de Rondônia.

Os sindicatos encaminharam ofício pela não implantação imediata do ponto eletrônico. O conselheiro Benedito, recebeu e se manifestou afirmando em seu despacho, o processo de nº 3396/18, que nesse período de pandemia não poderá ter o ponto eletrônico, assim como não será implantada a biometria no período de 90 dias pós-pandemia.

“Justiça sendo feita para com os servidores da saúde, que foram e são os grandes soldados na luta contra a pandemia e que não precisarão ficar, ainda mais, expostos ao coronavírus assinando o ponto eletrônico. Fico contente com a sensibilidade demonstrada pelo conselheiro Benedito. Parabenizo os sindicatos Simero, Sindsaude, SInderon e Sintraer, pela luta em defesa dos trabalhadores da saúde”, disse Nazif.

sicoob credisul

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO