Presídio Cone Sul/Foto: Arquivo Extra de Rondônia

A reportagem do Extra de Rondônia está em busca de informações sobre a veracidade de suposto assassinato de um apenado no Centro de Ressocialização Cone Sul, na tarde deste sábado, 28, em Vilhena.

Informação extraoficial dá conta que apenado foi executado nesta tarde de sábado e teria participação na morte do policial penal André Borges Mendes, ocorrido na noite de 9 de agosto de 2020, no pátio de um posto de combustível em Vilhena.

O detendo seria recluso do pavilhão “B”, onde ficam os membros da facção Primeiro Comando da Capital (PCC).

O Extra de Rondônia apurou ainda que a suposta vítima com as iniciais C.H.I., estava preso na cidade de Colorado e foi transferido para Vilhena, e que os comparsas de crime estavam insatisfeitos com ele, pois ele tinha fama de “Cagueta” e por isso queriam sua cabeça.

A reportagem tentou contato com o diretor da Unidade Prisional, para dar veracidade as informações, mas seu telefone estava desligado.


COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO