covid19 – 728×90-2
Vereador Corá e o ex-vereador Jabá Moreira / Foto: Extra de Rondônia

Numa live de 41 minutos feita na tarde deste sábado, 20, o ex-vereador Jabá Moreira esclareceu um assunto que gerou polêmica nesta semana em Cacoal envolvendo o vereador Valdomiro Corá (MDB).

Trata-se de projeto de lei de autoria do Presidente da Câmara, João Pichek, e demais membros da Mesa Diretora, propondo a extinção do cargo comissionado de procurador.

Contudo, Corá divulgou nas rede sociais que o referido projeto criaria aumento de até 100% na remuneração dos procuradores do Legislativo, chamando a questão como ilegal, imoral e absurda (leia mais AQUI).

Por outro lado, Jabá esclareceu que Corá está divulgando o projeto errado e o chamou de “vereador fake News”.

Jabá esclareceu que o projeto em discussão é o que extingue o cargo comissionado de procurador e não há nada sobre aumento de remuneração. “O vereador divulgou um projeto de lei que não está tramitando na Câmara, agindo com falsidade e irresponsabilidade; está com o projeto errado e fica espalhando mentiras. Hoje está se tratando de economia na Casa de Leis”, desabafou.

Ele disse que Corá está no quinto mandato, ganhando mais de R$ 10 mil por mês, para ir às redes sociais e falar de um projeto que nem está em tramitação e fez outras acusações contra o parlamentar, que foi presidente da Câmara no biênio 2019/2020.

“Corá tinha 70 portariados, ou seja, pessoas de livre nomeação dentro da Câmara. O próprio Ministério Público recomendou que ele exonerasse porque estava com a folha inchada, porque os servidores estavam custando muito caro. Corá nomeou todos os cargos e atual Mesa quer excluir esses cargos. Parei hoje para analisar esse projeto, enquanto que esse irresponsável sequer sabe que o que está publicando”, desabafou.

Na live, Jabá leu o artigo 299 do Código Penal e garantiu que Corá pode ser investigado criminalmente por supostamente ter cometido crime de falsidade ideológica e responder por quebra de decoro parlamentar.

Disse, por outro lado, que Corá está articulando para ser, novamente, presidente da Câmara. “Gente, pelo amor de Deus, não deixem essa desgraça acontecer mais não”, clamou. (veja a live na íntegra AQUI).

O Extra de Rondônia entrou em contato com a assessoria de Corá, mas não recebeu resposta. Porém, o site deixa espaço à disposição do parlamentar para eventuais esclarecimentos do caso.

sicoob credisul
covid19 – 728×90-1

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO