Fotos: Divulgação

A Delegacia Especializada em Extorsões, Roubos e Furtos, (DERF ) de Vilhena, elucidou os três crimes de furtos ocorridos no dia 1 de fevereiro de 2021, quando dois homens, utilizando um VW Saveiro, cor prata, estacionaram em frete às residências e furtaram eletrodomésticos das vítimas, tais como, máquina de lavar roupas, centrifuga, botija de gás, bicicleta entre outros.

A investigação conseguiu atribuir autoria dos crimes à G.S.S e R.M.S, quando ambos se passavam por vendedores de produtos de limpeza, mas sua real intenção somente era conhecer as fragilidades das residências. Uma das vítimas chegou a comprar produtos de limpeza dos ladrões.

Por tais fatos, foi representado pela prisão preventiva dos autores dos crimes, que foi deferida pelo juiz da comarca. G.S.S., foi preso e confessou toda ação criminosa, inclusive indicando a residência onde os objetos furtados supostamente foram guardados. Por sua vez, R.M.S., negou qualquer participação nos crimes, contudo, era o responsável pelas chaves da residência onde os objetos furtados suspostamente foram guardados.

A delegacia especializada também recuperou um aparelho Smart TV 32, Panasonic, furtado de uma residência no Bairro Alphaville. A vítima ausentou-se da cidade por três dias deixando sua cunhada para olhar a casa. Aproveitando-se desta situação, o suspeito adentrou a residência e furtou o aparelho televisor. A cunhada viu o portão entreaberto, uma cadeira encostada próximo à janela do banheiro pelo lado de fora e ao entrar na casa, deparou-se com total bagunça.

A investigação identificou que a TV encontrava-se em uma residência no Bairro Assossete, cuja proprietária da casa, afirmou tê-la comprado de um homem que lá esteve pedindo ajuda e acompanhado de duas crianças alegando que sua mulher o havia abandonado.

A vítima precisou comparecer até uma farmácia na esquina das Avenida. Benno Luiz Graebin, com Avenida Jô Sato, e deixou sua bicicleta no lado de fora sem cadeado. Acreditou que seria rápido.

Mais rápido que a vítima, foi o agente R.S., que ao passar pela localidade e ver a bicicleta sem o cadeado, logo subtraiu o veículo.

A farmácia possui sistema de segurança por vídeo que gravou toda a ação criminosa e dois dias após o furto, o agente foi visto caminhando nas proximidades do CEEJA com as mesmas roupas que usava no dia do crime.

Após ser abordado pelos investigadores da Derf, R.S., negou ser o autor do crime, mas ao ver as imagens, inclusive com as mesmas roupas, confessou a autoria do furto, e alegou que precisava da bicicleta para fazer “corre de droga”.

A bicicleta não foi recuperada, mas R.S., responderá por sua conduta criminosa perante a Justiça.

A vítima que possui uma filha com necessidades especiais e são moradores do bairro Maria Moura, teve sua residência furtada por outros moradores do mesmo bairro. Ao perceberem que a casa estava vazia, os autores do crime arrombaram a porta da cozinha e da sala e fizeram uma verdadeira mudança. Furtaram uma máquina de lavar roupas, um ventilador, um aparelho de som e uma televisão e uma mesa com seis cadeiras.

A própria vítima viu sua geladeira na parte exterior de uma residência do mesmo bairro, mas temeu por sua segurança e não confrontou com o morador N.F.C. No momento em que repassou tal informação para a polícia, a geladeira não estava mais naquele local.

O aparelho de TV foi jogado em um terreno baldio, uma quadra após esta mesma residência onde estava a geladeira. Assim, o morador foi devidamente identificado e figura como um dos suspeitos do furto.

Noutra oportunidade, já no bairro Cristo Rei, esse mesmo suspeito foi preso em flagrante quando realizaram furto em uma loja de roupas e de brinquedos. Nesta ocorrência estava junto com outras 4 pessoas, todas menores de idade.

Já que estava preso, N.F.C confessou que praticou o furto no Maria Moura e que os menores também estavam envolvidos.

A vítima emprestou sua casa do bairro Parque São Paulo para que o irmão pudesse morar com sua nova esposa, mas ao desocuparem a residência, levaram consigo vários objetos que não lhes pertenciam.

A vítima procurou a polícia, relatou todos os fatos e indicou o local onde seu irmão supostamente estaria residindo. Os investigadores da DERF foram até a residência e localizaram apenas a esposa, pois o irmão, autor do furto, é caminhoneiro e estava em viagem.

Na residência foram apreendidos diversos objetos, que vão desde TV e ventiladores, edredons e travesseiros, até panelas e potes Tupperware, conforme fotografia.

Todos os objetos foram reconhecidos e restituídos à vítima.

A Delegacia agradece a população, pois tem ajudado a polícia a elucidar os crimes. A denúncia sobre possível autor ou autores de delitos poderá ser feita diretamente aos policiais civis por meio do telefone, (69) 99316-2678 (somente WhatsApp), (69) 3322-3003 ou 197 da Polícia Civil. A identidade de quem faz a denúncia será preservada.

sicoob credisul
vacina 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO