Aécio da TV/Foto: Reprodução

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) publicou nesta tarde de quinta feira (04) o acordão que cassou o deputado estadual Aélcio da TV (PP), por abuso de poder econômico e uso indevido dos meios de comunicação nas eleições.

Aecio da TV deverá sair do cargo de imediato, pois o artigo 257 do Código Eleitoral Brasileiro diz que os recursos eleitorais não terão efeito suspensivo, bem como, o § 1º do mesmo dispositivo, deixa claro que: “A execução de qualquer acórdão será feita imediatamente, através de comunicação por ofício, telegrama, ou, em casos especiais, a critério do presidente do Tribunal, através de cópia do acórdão.”

Quem assume a vaga de Aelcio da TV, no parlamento estadual é o ex-deputado Ribamar Araújo, que é o primeiro suplente da coligação.

sicoob credisul
vacina 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO