Pontes foram danificadas em ato de vandalismo / Foto: Divulgação

Devido aos últimos acontecimentos envolvendo invasões de terras em Chupinguaia, o secretário de obras desse município, Luciano Marim Gomes, vai solicitar escolta policial com a finalidade de executar trabalhos na área rural.

A informação foi repassada ao Extra de Rondônia pelo próprio Marim, que analisou a situação como delicada.

Ele explicou que há várias pontes danificadas na área rural e que a programação de ações deveria ter iniciado nesta semana. Porém, em decorrência das invasões de terras, foi orientado a solicitar escola policial.

Isso garantirá a integridade física dos servidores e resguardar todos o maquinário utilizado na execução das ações.

Na manhã deste domingo, 11, o site recebeu denúncia de moradores do Assentamento Maranata, que estão impossibilitados de trafegar com seus veículos devido a que as estruturas de duas pontes foram cortadas, o que se revela uma verdadeira “armadilha” para os moradores.

Eles atribuem esse ato de vandalismo aos sem-terras que estão acampados na fazenda Nossa Senhora. A ação ocorreria durante a noite, já que de manhã há policiais percorrendo a área (leia mais AQUI).

 

sicoob credisul
vacina 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO