Foto: Divulgação

Fazendo uma retrospectiva, o Flamengo teve um ano de 2019 realmente excepcional sob o comando do técnico português Jorge Jesus. Não foi só uma equipe arrasadora em campo, ganhando o Brasileirão e a Copa Libertadores da América: o rubro-negro encantava na forma de jogar e fez lembrar as grandes equipes brasileiras de antigamente. Um futebol objetivo e vistoso. Para se ter uma ideia, o Flamengo de Jorge Jesus obteve 28 vitórias, 8 empates e 4 derrotas em 40 jogos disputados.

Não à toa o time entrou em 2020 como favorito em tudo. Quem fez o cadastro Bet365  viu o rubro-negro com as menores odds em todas as competições que disputou.

Após levantar a taça do Campeonato Brasileiro de 2020, o Flamengo se prepara para repetir os feitos de 2019 ainda sob o comando do mesmo técnico campeão, o ex-goleiro e ídolo do São Paulo Rogério Ceni.

Não tem sido fácil organizar a equipe nesta época de pandemia e inclusive na parte financeira reajustes estão sendo feitos.  O orçamento previsto para o ano de 2021 vai sofrer alterações bastante profundas, já que as receitas calculadas com a bilheteria que somavam R$ 100 milhões deve ser bem diferente. Nesta situação de pandemia é difícil prever quando teremos a volta do público aos estádios. Inclusive a renda estimada com o programa de sócio-torcedor teve uma queda acentuada.

Em relação aos reforços a situação também não é das melhores, apesar do clube ter feitos algumas vendas aliviando parte do problema das receitas a ideia é contratar somente em último caso e se não houver na base jogadores que possam suprir essa necessidade.

Foi o caso da contratação de Bruno Viana, que veio por empréstimo do Braga de Portugal, contudo com opção de compra por 7 milhões de euros ou 47 milhões de reais na cotação atual.

Em consequência da nova diretriz sobre contratações e claro, devido ao problema da pandemia ,o técnico Rogério Ceni tem uma série de jogadores da base do Flamengo disponíveis para trabalhar. O técnico catalão Domenèc Torrent que ocupou o cargo anteriormente a Rogério Ceni chegou a trabalhar com vários jovens da base e alguns tiveram sucesso no profissional como Natan, Ramon, João Gomes, Rodrigo Muniz, Hugo Souza e Matheuzinho. Outros ainda devem ser mais testados e precisam passar por um amadurecimento natural, o que é normal nessas situações em que jovens da base sobem para a equipe principal.

Com o controle maior sobre as contratações a equipe da Gávea tem efetuado algumas renovações de contrato, como a do meia Pepê, jogador da base do rubro negro. O volante Gerson, que apesar de ter contrato vigente até dezembro de 2023, está em negociação com a diretoria por uma valorização salarial, aumento de tempo de contrato e da multa rescisória em caso de venda ao exterior.

Outro atleta já com a renovação aprovada pelas partes envolvidas é Thiago Maia, com contrato estendido até junho de 2022. O jogador pertence ao Lille da França, que assumiu parte do pagamento do salário do atleta durante sua recuperação da lesão sofrida no joelho.

OS DESAFIOS EM CAMPO

O Flamengo conta em seu planejamento para a temporada de 2021 com a disputa de 5 competições: o Campeonato Carioca, a Supercopa do Brasil,  a Copa do Brasil, a Copa Libertadores da América e o Campeonato Brasileiro. Para poder participar em alto nível dessas competições alguns reforços pontuais devem chegar.

No Campeonato Carioca de 2021 o Flamengo esta no topo da tabela depois do empate por 1×1 no último dia 27/3 com o Boavista, com gol de Vitinho. O Volta Redonda tem os mesmos 13 pontos, só perde no saldo de gols, por esse motivo ocupa a vice-liderança do Carioca.

O rubro-negro não tem jogado o Campeonato Carioca com sua equipe principal, entrando em campo um time alternativo com vários jovens talentos da base. Isso tem permitido ao técnico Rogério Ceni observar esses jovens em jogos oficiais. Os titulares deverão estar de volta na próxima rodada (7ª) quando o técnico Rogério Ceni entrará em campo contra o Bangu com a equipe completa, inclusive Gabigol.

Outra disputa que ocorrerá no Flamengo em dezembro, são as eleições para um novo presidente. O atual presidente eleito em 2018, Rodolfo Landim disse na altura que sua intenção era comandar o clube rubro-negro por apenas um mandato, mas vamos ver se a sua decisão será ainda essa no final do ano. De qualquer maneira, o que não falta são pretendentes para ocupar esse posto na Gávea.

A última novidade do rubro-negro é investir na ideia de ter uma filial do clube no exterior, como vem fazendo algumas equipes europeias. O país de preferência seria os Estados Unidos. A intenção é de não investir dinheiro algum nesse projeto, mas sim encontrar algum parceiro, talvez alguma entidade financeira que receberia uma licença para explorar a marca Flamengo e desse modo seria possível gerar mais receita em moeda forte.

sicoob credisul
vacina 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO