Coronel Marco Aurélio Vasques (DEM) / Foto: Divulgação

Em contato com o Extra de Rondônia no final da tarde desta terça-feira, 13, o coronel Marco Aurélio Vasques (DEM), que disputou a eleição municipal de 2020 para prefeito em Cacoal ficando em segundo lugar, respondeu as declarações do prefeito Fúria em live realizada na noite de segunda-feira.

O prefeito afirmou que existem dois grupos políticos que estariam trabalhando contra Cacoal e um seria “comandado por um candidato a prefeito que perdeu as eleições para nós, que está atrapalhando o avanço da nossa gestão”. E que “eles trabalham nos bastidores, de forma negativa, com informações para denegrir a imagem de Cacoal com o objetivo de que a nossa gestão vá para o buraco” (leia mais AQUI).

Vasques disse que a hora é de união e trabalho e que “o prefeito precisa falar menos e trabalhar mais”.

Lamentou as declarações e afirma que nesses 100 dias de gestão não fez nenhuma crítica contra ele. Contudo, para Vasques, a manifestação na live demonstra falta de serenidade e precipitação, que não devem ser características de alguém com maturidade para exercer o cargo de chefe do executivo municipal.

Sobre a saída do secretário municipal de saúde, Vasques afirmou que Fúria garantiu, na live, que o presidente do SAAE e hoje também titular interino da Saúde, Thiago Tezzari, teria sido secretário de saúde em outro município, “o que é mentira, desmentida pelo próprio Thiago em grupos de WhatsApp” (CONFIRA ABAIXO).

Completando, Vasques disse que, como o prefeito teve três adversários nas eleições, vai pedir em juízo para que ele esclareça os fatos e a quem atribuiu as acusações.

“Aprendi de pequeno que a verdade tem três lados: a de um lado, a do outro e a verdade verdadeira. Já fui atacado e denegrido por Fúria em 2016. Depois veio pedir desculpas e agora é hora de parar com essas bobagens e trabalhar”, encerrou.

Secretário interino da Saúde, Thiago Tezzari, responde internautas nas redes sociais / Foto: Divulgação
sicoob credisul
vacina 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO