Foto: Reprodução

Ao ser preterido pelo presidente eleito da CPI, senador Omar Aziz (PSD), para ocupar a relatoria da Comissão, o representante de Rondônia na iniciativa defendeu a imparcialidade, equilíbrio e comprometimento com a verdade na condução dos trabalhos.

O cargo de relator acabou ficando com Renan Calheiros (MDB), cuja indicação causou certa polêmica na abertura dos trabalhos, mas acabou prevalecendo.

No entanto, Marcos Rogério (DEM), que chegou a ser cogitado para a relatoria, aceitou bem a decisão, e garantiu através de sua assessoria empenho e dedicação no trabalho “em nome dos brasileiros e da população de Rondônia, a qual represento na CPI”. Ele também se comprometeu em atuar de “forma isenta e transparente”.

Na condição de membro da Comissão, Rogério irá contribuir com os trabalhos, apresentando requerimento para que sejam convocadas autoridades, sugestão de linhas de investigação e inquirir os convocados.

sicoob credisul

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO