Adriano Robson Rodrigues de Almeida no detalhe/Fotos: Rede Social

Adriano Robson Rodrigues de Almeida e Manoel Caetano Ribeiro Filho, foram executados a tiros na manhã desta sexta-feira, 30, em Buritis, quando trafegavam pelo centro da cidade numa caminhonete Toyota Hilux, de cor prata, placa JKN 3J72/Buritis.

Segundo informações obtidas pela reportagem do Extra de Rondônia, dois homens em uma moto Honda Titan, aproveitaram o momento em que o condutor do veículo reduziu a velocidade para passar em um quebra-molas.

Momento este em que o garupa sacou uma arma provavelmente pistola e atirou várias vezes contra as vítimas. A picape atravessou o canteiro central da avenida e só parou ao bater em um poste de energia elétrica.

Após cometerem o crime, os suspeitos fugiram tomando rumo ignorado.

Adriano Robson Rodrigues de Almeida, era ex-morador de Cerejeiras, atualmente estava morando em Buritis. Ele cumpria pena em regime semiaberto por tráfico de drogas e usava tornozeleira eletrônica.

O crime ocorreu quando Adriano retornava do presídio, onde teria ido assinar como fazia periodicamente.

O Extra de Rondônia também apurou que em 2012, Manoel Caetano Ribeiro Filho, havia sido preso com 10 quilos de cocaína. Ele conseguiu se livrar das algemas e fugiu pela porta da frente da Superintendência da Polícia Federal em Brasília.

 

sicoob credisul
vacina 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO