Sala de vacinas em Alto Paraíso / Foto: Extra de Rondônia

Na manhã desta terça-feira, 27, por volta das 11h, ocasião em que estava acontecendo Dia de Vacinação contra a Covid-19 para idosos, servidores da Secretaria de Saúde tiveram problemas com um cidadão que cometeu várias infrações e quase agrediu fisicamente os funcionários públicos.

O caso aconteceu na Sala de Vacina, anexa ao Hospital de Pequeno Porte, no município de Alto Paraíso.

Tudo porque lhe foi pedido uso de máscara no ambiente, algo que em Alto Paraíso é obrigatório por Lei Municipal recentemente aprovada pela Câmara de Vereadores e sancionada pelo prefeito; além do homem exigir ser vacinado sem pertencer a faixa etária estabelecida pelo cronograma determinado pelas autoridades.

A situação foi constrangedora e os servidores foram insultados, ameaçados e quase agredidos fisicamente, apenas por fazer o trabalho que lhes é determinado e cumprirem as normas sanitárias exigidas por lei.

Em virtude da gravidade da situação, o caso foi feito registro de Boletim de Ocorrência a respeito do ocorrido.

O cidadão em questão infringiu a lei municipal acerca da obrigatoriedade do uso de máscaras em ambientes públicos, infração passível de multa; além do artigo 331 do Decreto-Lei 2.848, que estabelece parâmetros sobre desacato a servidor público no exercício da função, com pena prevista de prisão de seis meses a um ano, ou multa. Além disso, ele ficará sujeito a penalidades do Código Penal, podendo ser enquadrado por injúria e ameaça.

Ao comentar o fato para o Extra de Rondônia, a secretária municipal de Saúde, Diulli Araújo, destacou a dedicação dos funcionários, além do nível de profissionalismo e atenção com que tratam os pacientes e a população em geral.

“Estamos enfrentando um cenário complicado e estressante por causa da pandemia e, mesmo assim, nossos servidores tratam a população com toda cortesia, carinho e dedicação. Não é certa a conduta deste cidadão, e não poderíamos deixar passar em branco, tomando as devidas providências cabíveis ao caso. Estamos à disposição para atender a todos que nos procuram com cortesia e atenção, e esperamos que a boa educação também seja mantida por parte das pessoas para que não ocorra este tipo de problema”, declarou.

Agora o caso vai ser resolvido em âmbito judicial e esperasse uma atuação condizente com a gravidade do caso por parte das autoridades policiais e Ministério Público.

 

 

sicoob credisul
vacina 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO