Coluna escrita por Humberto Lago

Nos últimos meses as pressões do mercado tem sido crescentes, constantes e imprevisíveis. Elas provem de diferentes fatores e costumam ser causadas por diversas razões.  Isso é a regra; é obvio que toda a regra possui exceções.

Por vezes são reflexo de circunstâncias econômicas, políticas ou mercadológicas. Exemplo disso são as pressões inflacionárias e o desabastecimento do mercado. Isso, por si só, traz custos e incertezas significativas para a sociedade. Os gastos com saúde pública, pelo segundo ano consecutivo, se mantém elevados (Covid). Outro fator de preocupações e o alto déficit das contas do governo federal. Não existe dinheiro para investir e o custo da máquina pública é enorme, tanto a nível federal, quanto estadual e municipal. Os próximos cinco anos serão de penúria financeira, motivadas pelo alto endividamento público e ônus dos encargos financeiros daí oriundos.

Nessas horas, certos empresários gostariam de tirar férias por um ano ou dois, até que crise passasse. Mas isso não é possível. É preciso trabalhar e vender, girar os estoques, produzir  receitas para pagar os custos operacionais, a folha de pagamento e as demais contas.

Os meses passam e o mercado continua deprimido, quando surgem ameaças de que a conjuntura pode, ainda, piorar. As vezes temos consciência das dificuldades presentes, e por mais que nos esforcemos, nos sentimos impotentes diante da grandeza e complexidade dos fatos.

Mudando de assunto, conheço um empresário local o qual é apaixonado pelo trabalho. Ele dispõe de uma enorme força interior, a qual se renova a cada manhã. Ele é alguém que não se abate mesmo diante dos problemas diários, sejam eles operacionais e/ou administrativos; alguém que aprende com os desafios e toca diariamente sua organização, mesmo diante das pressões e incertezas.

Brincando ele afirma: É por isso que somos os únicos no nosso segmento e região! É provável que esse seja o motivo pelo qual outros tenham desistido da empreitada ao longo do caminho.

Deveria existir um meio ou uma fórmula que permitisse transferir todo esse vigor, energia e entusiasmo que alguns têm, pelos negócios, para a nossa comunidade de empresários. Isso seria tão bom! Transferir otimismo e fé, de uns para com os outros, faria um bem a muitos…

Enquanto essa fórmula não for descoberta, convido você a trabalhar, a avançar, a ser criativo, a liderar sua equipe com fé em Deus. Todas as crises vem e passam. Vamos aprender com esta e prosseguir. Este país tem 212 milhões de brasileiros que precisam de alimento diário, vestuário, transporte, lazer e serviços de toda ordem. Em outras palavras, há um expressivo mercado de consumo bem à nossa frente. Convido-o a me acompanhar nessa marcha. Pense nisso enquanto lhes digo até a semana que vem.

 

sicoob credisul
vacina 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO