Vereador Ademir Alves (DEM) / Foto: Extra de Rondônia

Ademir Alves (DEM), único vereador ausente na sessão ordinária que decidiu pelo arquivamento da “CPI da Covid” na Câmara de Vilhena em 13 de abril passado, se manifestou a respeito de sua ausência no parlamento e os motivos de ter mudado de opinião às vésperas da polêmica votação (leia mais AQUI).

O parlamentar reapareceu na sessão desta terça-feira, 4, após 15 dias de ausência da Câmara e não havia se manifestado oficialmente sobre o caso.

Entrevistado pelo Extra de Rondônia, ele disse que estava afastado das atividades em virtude de sequelas da covid-19, conforme atestado médico. “Minha ausência deve-se a problemas de saúde. Fui infectado com a covid-19, me recuperei e tive as sequelas. Hoje estou melhor”, afirmou.

Com relação a ter mudado de opinião já que inicialmente era favorável à CPI, apesar do Conselho Municipal de Saúde ter apresentado relatório com robustas provas, Ademir garante “não tinha nenhuma prova contundente para continuar com a CPI. Não adianta jogar pedras ao vento”.

A CPI

Inicialmente, cinco vereadores eram favoráveis à abertura da CPI: Samir Ali (Podemos), Nica Cabo João (PSC), Clerida Alves (Avante), Dhonatan Pagani (PSDB) e Ademir Alves (DEM). Mas, este último (Ademir), retirou sua assinatura do requerimento horas antes da votação.

Vereador Ademir solicitou a retirada de sua assinatura da CPI / Foto: Extra de Rondônia

Foram contrários à CPI: Zé Duda (PSB), Zeca da Discolândia (PSB), Zezinho da Diságua (PSD), Vivian Repessold (PP), Sargento Damascena (PROS), Wilson Tabalipa (PV), Pedrinho Sanches (Avante). Por ser o presidente da Casa, Ronildo Macedo (PV) não votou (faz apenas para desempate), mas, mesmo assim, também se manifestou contrário.

SUPOSTAS IRREGULARIDADES

A criação de uma CPI iniciou após questionamentos da sociedade e denúncia do Conselho Municipal de Saúde (CMS) protocolado na Câmara, Ministérios Públicos Federal e Estadual requerendo a fiscalização dos gastos e, ainda, a investigação de uma suposta Casa de Apoio “fantasma” em Vilhena (leia mais AQUI e AQUI).

sicoob credisul
vacina 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO