Sede do Poder Legislativo em Cacoal / Foto: Divulgação

Entre os vários assuntos analisados na sessão ordinária desta segunda-feira, 10, na Câmara de Cacoal, um chamou a atenção do público presente.

Trata-se da alteração do horário das sessões ordinária que atualmente ocorre de manhã, para o período noturno, toda segunda-feira.

O assunto foi levantado durante a discussão do projeto de lei n° 41/2021, que dispõe prioridade de vacinação para profissionais de educação, segurança, mobilidade urbana e agentes fiscais municipais, aprovado por 8 votos favoráveis e 3 contrários (leia mais AQUI).

Um dos parlamentares justificou a ausência de profissionais da Educação na sessão dizendo que, nesse horário, professores estavam cumprindo suas atividades através de aulas remotas.

O presidente da Casa de Leis, João Pichek (Republicanos) informou que a realização das sessões na parte da manhã, que inicia às 9h, foi uma decisão da maioria dos parlamentares, exatamente para evitar aglomerações nesta época de pandemia, mas que não está descartada a volta em horário noturno. “Não posso impor nada e tudo o que é feito nessa Casa de Leis é de forma democrática, decidindo em conjunto com os demais colegas”, observou.

sicoob credisul
vacina 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO