Fotos: Reprodução

A exemplo do que tinha concedido aos servidores da saúde, o prefeito João Pavan (DEM) vai conceder auxilio financeiro temporário aos servidores públicos da Assistência Social.

A proposta prevê abono de insalubridade por seis meses, no valor de trezentos reais por mês, com primeiro pagamento retroativo a abril, equiparando assim com o que fou concedido aos trabalhadores da outra pasta.

O argumento para justificar a propositura é que os trabalhadores da ação social permanecem em atividades normais durante a pandemia, atuando na linha de frente de atendimento ao público, expondo-se ao risco de contrair a Covid, posto que os programas sociais não foram interrompidos, mantendo a rede de apoio à população mais vulnerável.

A proposta recebeu apoio unânime da Câmara de Vereadores em sessão realizada na tarde de hoje, e o primeiro pagamento, com as parcelas relativas a abril e maio, será efetuado em folha suplementar dentro de alguns dias.

Servidores da Secretaria Municipal de Trabalho e Assistência Social estiveram na sessão e em nome dos vereadores agradeceram também ao prefeito o benefício concedido.

sicoob credisul
vacina 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO