Cirone Deiró / Foto: Divulgação

Foi aprovado por unanimidade pela Assembleia Legislativa a abertura de crédito adicional de R$ 14.632.500,00 destinado a renovação do “Cartão Alimentação Escolar”. A continuidade do benefício foi defendida pelo deputado Cirone Deiró que apresentou proposta nesse sentido ao governador Marcos Rocha.

O parlamentar também defendeu que o valor fosse elevado de R$ 75,00 para R$ 120,00. A renovação do “Cartão Alimentação Escolar” vai beneficiar cerca de 48 mil alunos, matriculados na rede pública estadual, em situação de vulnerabilidade social, e que estejam no cadastro único do governo federal.

O deputado Cirone Deiró voltou a pedir agilidade dos técnicos do governo para a renovação do programa “Cartão Alimentação Escolar” dentro da maior brevidade possível. Segundo o parlamentar, a merenda escolar representa para milhares de alunos a principal refeição do dia.

“Atravessamos uma crise de saúde com fortes impactos sociais para a população. É preciso ter empatia com quem está em situação de vulnerabilidade social. Faço um apelo aos técnicos do governo para que dê a agilidade que o assunto merece e ajude a colocar comida no prato desses estudantes”, afirmou ele.

O parlamentar lembrou que os alunos da rede estadual que necessitam do “Cartão Alimentação Escolar” estão desde fevereiro/21, sem receber o benefício. Segundo ele, para quem está passando por necessidade por falta de alimentação esse é um tempo muito longo de espera.

“Reconheço o compromisso do governador Marcos Rocha e da sua equipe, especialmente dos técnicos envolvidos na tramitação desse processo, mas quem tem fome, tem pressa. Tenho recebido pedido de mães de alunos que tem nesse cartão sua principal alternativa para suprir as necessidades com a alimentação dos filhos”, alertou.

Cada responsável pelos estudantes beneficiados com o “Cartão Alimentação Escolar” recebe um cartão com tarja magnética que pode ser usado na rede de supermercados e mercadinhos de bairros credenciada nos 52 municípios. O benefício só pode ser usado na compra de alimentos. De acordo com o cronograma apresentado pela Secretaria de Estado da Educação (Seduc), o benefício será retroativo aos meses que não foram pagos.

A desempregada Maria Gomes Pires disse que o “Cartão Alimentação Escolar” é uma esperança para ter comida no prato para alimentar os filhos que há um ano, estão sem frequentar a escola e ficaram sem a merenda escolar. “É muito difícil essa espera diária por um prato de comida”, desabafou.

sicoob credisul
vacina 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO