Samir Ali, vice-presidente da Câmara de Vilhena / Foto: Extra de Rondônia

“Fiquei muito feliz de estar mostrando o bom de Vilhena a todo o país”. Com estas palavras, o vereador Samir Ali (Podemos), vice-presidente da Câmara de Vilhena, destacou projeto de sua autoria de bolas fabricadas por detentos que serão destinadas a escolas da rede pública municipal.

Ao utilizar a tribuna da Casa de Leis na sessão desta terça-feira, 18, Samir informou que o projeto será destaque em rede nacional, via reportagem da TV Cultura, de São Paulo. Ele recebeu telefonema neste sentido da produção do programa que se interessou pela divulgação do projeto.

Ao Extra de Rondônia, o parlamentar disse que, através de uma emenda impositiva, a Câmara compra o material e a fabricação das bolas é feita por 15 detentos do Centro de Ressocialização do Cone Sul de Vilhena, que serão repassadas à Secretaria Municipal de Educação (Semed).

Ele lembrou que Vilhena já contava com uma fábrica de bolas que funcionou por muito tempo no Centro da Juventude.

“Fico muito feliz de estar mostrando o bom de Vilhena para todo o país. Lembro que procuramos o diretor do Centro de Ressocialização, Dirceu, para que assim os detentos pudessem produzir essas bolas que depois serão entregues às escolas municipais e assim as crianças possam fazer atividades esportivas, unindo o útil ao agradável. A gente fica muito feliz de poder contribuir com o município e que uma iniciativa que tivemos, ainda em 2018, depois de muita luta, se faz realidade e graças a Deus vai poder aumentar cada vez mais esse leque. Nós já estamos pensando em outro projeto desta natureza para atender a Secretaria Municipal de Esporte. Esse é o nosso objetivo”, destacou.

 

sicoob credisul
vacina 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO