Autoridades visitaram o local da obra / Foto: Divulgação

O município aguarda o repasse do Governo Federal de recursos para fazer o pagamento da obra que está em andamento de uma escola no Setor 06, em Vilhena.

Lideranças políticas locais e uma equipe técnica da Secretaria Municipal de Educação (Semed) estiveram no local e analisaram a obra.

Tiago Barasuol, engenheiro civil da Semed, explica que a empresa responsável pela obra precisa receber e que o pagamento não foi liberado, o que impediu o avanço da construção.

“Tudo que o município tinha para pagar, já foi pago. Assim que o FNDE regularizar os repasses, poderemos dar continuidade. Falta cobrir e os blocos administrativo e de serviços, além dos acabamentos. Até o momento a estrutura básica de 30% da obra já foi feita”, explica o engenheiro.

A unidade educacional é fruto de convênio firmado ainda em 2014, mas só foram licitadas em 2017 e o recurso foi liberado em novembro de 2018.

Apesar de a pedra fundamental ter sido lançada em abril de 2018, a obra não deu início. Faltou desbloquear a verba junto ao FNDE (Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação), do Governo Federal.

A obra avançou em 30% mas novos repasses são necessários, para contemplar o pagamento das próximas medições. As obras serão construídas no modelo padrão de seis salas do FNDE.

Também acompanhou a comitiva o senador Marcos Rogério, que garantiu articulação e buscar, nos ministérios, o destravamento dos repasses para dar continuidade à obra.

sicoob credisul
vacina 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO