Confúcio Moura (MDB-RO) / Foto: Divulgação

Após a reunião administrativa de quinta-feira 27, entre membros da Comissão Temporária Interna da Covid-19 (CTCovid-19) e diretores da Agencia Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), para tratar sobre o andamento da autorização das vacinas russa, Sputnik V, e a indiana, Covaxin, o senador Confúcio Moura (MDB-RO) destacou que o resultado foi promissor.

Tanto a Sputnik V como a Covaxin ainda estão embargadas pela Anvisa para uso aqui no Brasil, explicou o senador, mas, na discussão de hoje, os parlamentares apresentaram a necessidade da vacina e as responsabilidades dos governadores, principalmente do Consórcio Nordeste, que apresentaram uma série de responsabilidades que eles assumiriam com o uso da vacina em seus Estados.

Confúcio Moura explicou que surge a possibilidade de aprovação depois da análise da próxima semana. “Na terça-feira já teremos uma posição da aprovação emergencial da vacina Sputnik e, logo a seguir, também da Covaxin. Com isso, nós teremos mais duas vacinas novas em território nacional que, se aprovadas pela Anvisa, darão um grande aporte ao povo brasileiro”.

Participaram da reunião os diretores da Anvisa Meiruze Freitas, Alex Machado Campos e Romison Mota, além dos senadores Confúcio Moura, Styvenson Valentim (Podemos-RN), vice-presidente do Colegiado, e Wellington Fagundes (PL-MT), relator.

sicoob credisul

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO