“Lebrão” participou da reunião que decidiu seu futuro na ALE / Foto: Rondoniagora

Por quatro votos, os deputados estaduais de Rondônia arquivaram as representações no Conselho de Ética contra o parlamentar José Eurípedes Clemente (MDB), o Lebrão.

O relator, deputado Edson Martins (MDB), não obteve provas suficientes para fundamentar punição para o parlamentar. Lebrão foi filmado recebendo suposta propina de uma empresa de lixo (leia mais AQUI).

As imagens foram divulgadas durante a Operação “Reciclagem”, deflagrada pela Polícia Federal. Na mesma ação de investigação, sua filha, Gislaine Clemente, ex-prefeita de São Francisco, foi afastada do cargo.

Segundo os parlamentares, o processo contra Lebrão é investigado pela Justiça, que ainda não decidiu sobre o caso. O próprio deputado esteve presente na reunião que decidiu seu futuro.

O Conselho de Ética também apura a quebra de decoro do deputado Geraldo da Rondônia (PSC). A representação é assinada pelo PROS, que apresentou uma série de escândalos do parlamentar para fundamentar o pedido de sua cassação.

 

sicoob credisul

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO