Hospital Regional de Vilhena / Foto: Divulgação

Vilhena registrou nesta quarta-feira, 2 de junho, 80 novos casos confirmados e 109 recuperados.

Relatório divulgado pela prefeitura também incluiu a morte de um vilhenense, de 28 anos, ocorrida na noite desta terça-feira, 1 (leia mais AQUI).

Dessa forma, Vilhena registra até as 16h de hoje: 12.044 casos confirmados de vilhenenses, 11.999 vacinados com a 1ª dose e 8.013 vacinados com a 2ª dose, 223 óbitos de vilhenenses, 93 óbitos de moradores de fora.

Há atualmente no município 613 casos ativos, 189 casos suspeitos, bem como 11.207 já recuperados e 24 transferidos.

A taxa de letalidade em Vilhena é de 1,82%, em Rondônia é de 2,43%, no Brasil é de 2,76%, na América do Sul é de 2,69% e no mundo é de 2,09%. (A taxa de letalidade indica a porcentagem dos pacientes contaminados que acabam evoluindo para óbito).

Há 33 pacientes internados com covid-19 em isolamento na Central de Atendimento à Covid-19 e Hospital Regional de Vilhena, sendo 26 de Vilhena e 7 de outras cidades, dois de Rolim de Moura, um de Cabixi, um de Corumbiara e três de Colorado.

Destes, 20 estão na UTI, sendo 15 intubados (seis do sexo masculino com 39, 35, 50, 66, 52 e 57 anos e nove do sexo feminino com 54, 35, 27, 24, 48, 56, 49, 50 e 45 anos) e cinco com ventilação não-invasiva na UTI, uma do sexo feminino com 26 anos e quatro do sexo masculino com 30, 44, 57 e 48 anos.

Nas Enfermarias há 13 pacientes: seis do sexo masculino com 65, 28, 37, 42, 43 e 46 anos e sete do sexo feminino com 60, 66, 50, 61, 33, 47 e 51 anos. A taxa de ocupação de leitos para covid-19 é de 75% (sendo 100% na UTI e 54% nas Enfermarias).

 

sicoob credisul

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO