Jornalista Mario Quevedo entrevistando Marcos Rogério / Foto: Extra de Rondônia

De passagem pela região do Vale do Jamari na manhã deste sábado, 05, o senador Marcos Rogério (DEM) abriu sua agenda na cidade de Alto Paraíso, ocasião em que comentou com exclusividade ao Extra de Rondônia a participação dele na CPI da Covid.

Marcos fez um balanço das ações da Comissão que integra, estabelecendo seu posicionamento de defesa do governo Jair Bolsonaro, justificando o motivo de tal conduta.

Em seu ponto de vista, o que está acontecendo em Brasília “é um circo”, onde as convicções da oposição já estão estabelecidas: “querem colocar um carimbo de culpado no peito do presidente”.

O senador também falou a respeito da convocação dos governadores para depor na Comissão, revelando o que pensa sobre a forma com a qual o governador de Rondônia, Marcos Rocha (sem partido) agiu diante de sua intimação.

“Quem não deve, não teme, por isso acho estranho não se aproveitar de uma oportunidade para mostrar que as condutas foram legítimas”, argumentou Rogério, frisando que só foram convocados governadores cujos estados sofreram ação da Polícia Federal investigando gastos com relação a pandemia.

Finalizando, ele comentou acerca de acusações que estão lhe fazendo em âmbito estadual sobre suposto interesse político-eleitoral em sua participação da CPI, visando aproximação com o presidente para tirar dividendos políticos nas eleições do ano que vêm.

“Isso é conversa de quem não tem o que fazer. Sou amigo pessoal do Bolsonaro desde que éramos deputados, e as eleições do ano que vêm deverão ser discutidas e articuladas no tempo adequado. Agora, o momento é de salvar vidas”, rebateu.

>>> CONFIRA A ENTREVISTA EXCLUSIVA NA ÍNTEGRA NO VÍDEO ABAIXO:

https://

 

 

sicoob credisul
vacina 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO