Governador Marcos Rocha / Foto: Divulgação

Já está definida a data da convocação do governador Marcos Rocha, de Rondônia, na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Senado que apurar acontecimentos relacionados à pandemia.

O governo não confirmou ainda ter recebido a convocação, que foi feita através de requerimento da oposição, conforme explicou no final de semana o senador rondoniense Marcos Rogério (leia mais AQUI).

O depoimento de Rocha foi requerido pela CPI em virtude do Estado de Rondônia ter sido alvo de ações da Polícia Federal (PF) referentes a suspeitas na lisura da aplicação de recursos da União no enfrentamento a pandemia.

O governador de Rondônia será o último entre os Chefes de Executivo estaduais convocados para depor.

Além de Rocha, foram chamados governantes do Amazonas, Pará, Distrito Federal, Tocantins, Santa Catarina, Roraima, Amapá, Piauí e do ex-governador do Rio, Wilson Witzel. Nesta quinta-feira, 10, acontece a primeira oitiva de gestor estadual, com a presença do governador do Amazonas.

Marcos Rocha ainda espera decisão de recurso impetrado pelos governadores ao STF pedindo salvo conduto para não comparecer a CPI.

sicoob credisul
vacina 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO