Michelle Pavani, Secretária Municipal de Ação Social e Trabalho / Foto: Divulgação

A Secretária Municipal de Ação Social e Trabalho (Semast), Michelle Pavani, participou, na manhã desta segunda-feira, 14, da sessão ordinária momento em que foi sabatinada pelos parlamentares em Cacoal.

A convocação da secretária foi a pedido do vereador Valmomiro Corá (MD) com o intuito de Pavani esclarecer o pedido de perícia no computador utilizado no polêmico sorteio das casas populares realizado no final de dezembro de 2020.

O caso, acompanhado pelo Extra de Rondônia, virou polêmica no município após boatos do cancelamento do sorteio, o que prejudicaria as 300 famílias beneficiadas (leia mais AQUI).

Na sessão, Pavani enfrentou questionamentos, mas também teve a defesa, através de elogios, de vereadores considerados da base aliada da gestão municipal.

Ela iniciou seu discurso, a pedido do vereador Edimar Kapiche (PSDB), fazendo um balanço dos primeiros cinco meses de mandato à frente da pasta.

Porém, questionado pelo vereador Corá, Micheli começo a falar diretamente no que interessa para o parlamento: a perícia da Polícia Federal (PF) no computador do polêmico sorteio das casas populares para analisar indícios de suposto fraude.

Com relação ao assunto, ela disse que a PF ainda não deu nenhuma resposta sobre o caso. “Inclusive, algumas semanas atrás, entrei em contato com a PF, e eles me informaram pra deixar eles trabalharem no caso”, observou.

Ela também esclareceu rumores de que a prefeitura teria cancelado o sorteio. “Não existe nenhum documento sobre cancelamento. Não queremos é ter uma ação negligente, precipitada e que essas famílias percam o direito que têm, agravando ainda mais a situação”, disse.

Ao ser questionada sobre a demora da prefeitura em enviar o pedido de reconsideração do sorteio ao Ministério de Desenvolvimento Regional (MDR), a secretária chorou em plenário, ao afirmar que, lamentavelmente, a administração pública carece de recursos humanos, “porque a gente não pode parar de atender as famílias que precisam de cestas básicas, do cadastro único, pra gente ficar dedicado só à questão habitacional. As mesmas pessoas que trabalham comigo na Habitação, estão entregando cestas básicas semanas passada. Lamentavelmente essa morosidade não é culpa da nossa parte. Quem dera que pudesse trabalhar 24 horas por dia. Se pudesse, eu atenderia todo mundo. O meu compromisso com meu povo é esse: ser verdadeira, de amar as pessoas, trabalhar com a verdade. Essa cobrança também me faz o prefeito Adailton Fúria todos os dias”.

Micheli disse que a prefeitura criou uma comissão para a realização de visitas às famílias sorteadas e que os trabalhos iniciarão após a publicação da Portaria na Imprensa Oficial, ainda sem prazo definido.

 

sicoob credisul
vacina 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO