Foto: Divulgação

O Posto Fiscal localizado em Vilhena na divisa com o estado do Mato Grosso receberá uma série de melhorias do Governo de Rondônia ainda neste ano.

A informação foi repassada na semana passada ao deputado estadual Luizinho Goebel (PV) e aos vereadores Zé Duda, Ademir Alves, Pedrinho Sanches, Vivian Repessold, Dhonatan Pagani pelo Secretário de Estado de Finanças, Luís Fernando Pereira da Silva durante encontro na capital, Porto Velho.

Conforme o parlamentar, a ação irá beneficiar os caminhoneiros e donos de transportadoras que utilizam os serviços do Posto, bem como aos servidores que trabalham no local e à população, trazendo-lhes mais segurança e comodidades.

Ainda de acordo com Goebel, atualmente, o Posto Fiscal localizado no estado do Mato Grosso, próximo ao de Vilhena, não tem estrutura adequada para atender os caminhoneiros. “Aquele Posto Fiscal está um caos total. Inclusive ele já foi ferramenta de movimentos nos últimos dias, com possibilidade de paralisação dos serviços. Nós não queremos isso para Rondônia. Nós não queremos isso para Vilhena. Nós não queremos isso para os caminhoneiro e dono de transportadora. Por isso, estamos aqui na Secretaria de Finanças para fazer um pedido ao governo do estado de Rondônia para que de fato possamos fazer um trabalho fantástico no local”, ressaltou o deputado.

Para o Secretário de Finanças, Luís Fernando, a apresentação daquelas demandas é muito importante, tendo em vista que somente assim o governo consegue entender o que acontece no local e, desde logo, dar respostas efetivas ao povo de Rondônia e aos moradores de Vilhena.

“O Posto Fiscal de Vilhena, nos próximos dias, terá a recomposição da pavimentação asfáltica que está danificada. Além disso, será elaborado um projeto para tornar o Posto de Vilhena o cartão postal do Estado. Dessa forma, os visitantes perceberão que Rondônia tem bons administradores”, enfatizou Pereira.

sicoob credisul
vacina 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO