Foto: Reprodução

Os casos do novo coronavírus (covid-19) de pessoas envolvidas com a realização da Copa América chegaram a 66, informou o Ministério da Saúde nesta quinta-feira (17), um aumento em relação ao registrado na véspera, de 53 contaminados.Segundo a pasta, dos 66 casos confirmados, 27 são de jogadores e membros de delegações e outros 39 são de prestadores de serviços contratados para o evento. Em relação ao dia anterior, houve um aumento em 13 prestadores de serviços.

“Os casos de prestadores de serviços foram confirmados em Brasília (DF), Goiânia (GO) e no Rio de Janeiro (RJ). Os resultados do sequenciamento genético para análise de variantes serão concluídos em até 14 dias, prazo necessário para realização da análise”, disse a pasta.

O ministério informou que foram realizados 6.521 testes de RT-PCR entre jogadores, membros das delegações e prestadores de serviços. Afirmou também que os dados são dinâmicos e atualizados a partir das informações enviadas pela organizadora do evento, responsável pela realização dos testes.

Desde o início do evento, no final de semana, foram diagnosticados com covid-19 atletas das seleções da Venezuela, da Colômbia e da Bolívia. Nesta quinta, o Chile informou que um integrante da delegação testou positivo, mas não especificou se era um jogador.

sicoob credisul
vacina 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO