Vereadora Rosana Pereira (DEM) / Foto: Divulgação

Em postagem feita nesta quarta-feira, 23, em suas redes sociais, a vereadora Rosana Pereira (DEM) revelou ter denunciado na Polícia Federal e no Ministério Público Federal que há indícios de irregularidades na contabilização das doses de vacinas contra a Covid-19 recebidas pelo Município e aplicadas na população em Ji-Paraná.

A parlamentar, ao ser entrevistada pelo “Movimento Positivo”, afirma ter ido verificar in loco a situação no local onde a Secretaria Municipal de Saúde armazena os imunizantes e controla os estoques, e munida de informações fornecidas pelo Estado a respeito da quantidade de vacina enviada para a cidade constatou que há um furo de mais de 7 mil doses que teriam sumido.

De acordo com Rosana, o Estado enviou mais de 55 mil doses para o Município e os controles do sistema local apontam que foram aplicadas pouco mais de trinta mil. O problema é que, segundo a vereadora, na contabilidade do estoque constam apenas a presença de cerca de 4.700 doses.

“É uma questão de matemática simples. Se fizermos as contas do que veio, diminuindo o que foi aplicado e o que está armazenado a gente constata a falta de mais de sete mil doses”, afirma.

A parlamentar deixou claro que não está acusando ninguém de qualquer irregularidade por enquanto, mas quer esclarecimentos acerca do que está acontecendo, pois no mínimo há uma grande desorganização, mas pode existir algum tipo de fraude.

As instituições federais foram notificadas oficialmente e já começaram as averiguações do caso.

>>> VEJA O VÍDEO ABAIXO:

https://

 

 

 

sicoob credisul
vacina 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO