Jair Montes / Foto: Divulgação

O deputado Jair Montes foi isento de todas as acusações do processo criminal oriundo da operação “Apocalipse”, por meio de habeas corpus proferido pelo ministro do STJ, Ribeiro Dantas.

Com o resultado da decisão judicial o deputado  ganha mais uma queda de braço contra o ex-secretário de segurança Marcelo Bessa, e prova o fato de que a operação pode  ter sido orquestrada por parte de agentes públicos com outra finalidade.

Deflagrada em junho de 2013, sem o aval e acompanhamento do Ministério Público do Estado, a operação “Apocalipse” mirou desafetos do então governador Confúcio Moura (atualmente senador pelo MDB de Rondônia). O alvo principal era o então presidente da Assembleia Legislativa, ex-deputado estadual Hermínio Coelho, que denunciava sistematicamente casos de supostas práticas de corrupção no âmbito do governo.

Além de Hermínio, a polícia prendeu estelionatários que alegavam ter financiado a campanha eleitoral de Confúcio ao governo, ainda em 2010. Também estavam entre os presos o agora deputado estadual, e à época vereador, Jair Montes. O deputado foi absolvido nas acusações pelo Tribunal de Justiça.

sicoob credisul
vacina 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO