Vereador Edimar Kapiche, idealizador do ato / Foto: Divulgação

Apesar de convidados com antecedência, nenhum deputado estadual, federal, senador ou representante do Governo participou do 1º Encontro da Frente Parlamentar de Vereadores em prol da Macrorregião II de Saúde de Rondônia, ocorrido na última segunda-feira, 28, na cidade de Cacoal.

Nem mesmo os deputados Jaqueline Cassol (Federal) e Cirone Deiró (Estadual), ambos residentes na “Capital do Café”, estiveram presentes, o que gerou uma série de críticas aos parlamentares.

O evento contou com a participação de vereadores, técnicos e autoridades de municípios da Região Central, do Café, Cone Sul, Zona da Mata e Vale do Guaporé.

Idealizado pelo vereador Edimar Kapiche Vigilante (PSDB), a iniciativa alcançou o resultado esperado, já que a intenção do encontro foi exatamente mobilizar os vereadores e mostrar às autoridades responsáveis as deficiências no atendimento à população.

Através das redes sociais, Kapiche disse que a frente parlamentar não cessará as cobranças e um relatório com as reivindicações e sugestões apontadas será apresentado nos próximos dias.

“Isso é o início de uma mobilização em prol desta macrorregião. Desta vez o tema principal foi a saúde, mas novas temáticas que impactam a vida da população desses municípios serão abordadas nos próximos encontros”, apontou o vereador.

Na sua fala durante o evento, Edimar Kapiche, mais uma vez, criticou o governo de Rondônia e o secretário estadual de Saúde pelas falhas na gestão do complexo hospitalar do polo de saúde da macrorregião II.

“Quero dizer aqui que nós estamos cobrando desde fevereiro quando assumimos nosso mandato e esta ação veio para confirmar as dificuldades enfrentadas pelos profissionais da área de saúde e principalmente por pacientes que dependem de um atendimento de médio e alta complexidade aqui na macro II”, relatou.

Kapiche também cobrou os deputados estaduais e outras autoridades estaduais pela falta de fiscalização dos serviços prestados nas unidades de saúde de responsabilidade do governo.

“Queria perguntar para nossos representantes estaduais que estão andando por Rondônia se realmente estão vendo as necessidades da população ou só estão fazendo encontros políticos visando a eleição do ano que vem? Será que precisa de um vídeo postado nas redes sociais para o secretário Fernando Máximo fazer aquela ação cinematográfica em Porto Velho dizendo que quando ficou sabendo fez aquela ação? Mas cadê os fiscalizadores do estado para estarem dentro das unidades estaduais fiscalizando e depois levar para o secretário?”, indagou o vereador.

O relatório com as principais reivindicações e sugestões, segundo Edimar Kapiche, “estava programado para ser entregue no dia 5 de junho em uma audiência pública anunciada para tratar do tema. Porém, infelizmente os organizadores e o secretário estadual tiveram a irresponsabilidade de cancelar a audiência. Diante do cancelamento o relatório será entregue ao secretário em Porto Velho”.

 

 

sicoob credisul
vacina 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO