Cledes Aparecida Pires Guarnieri/Foto rede social

A professora Cledes Aparecida Pires Guarnieri, de 55 anos, lotada na escola Floriano Peixoto, no município de Cerejeiras, é mais uma profissional da educação, vitima da Covid-19.

Formada em pedagogia e já aposentada na área, Cledes sentiu os primeiros sintomas da doença a cerca de um mês e já testou positivo. Já no último dia 21, a servidora foi internada no hospital municipal e dois dias dois já foi submetida ao processo de intubação.

Após 12 dias lutando pela vida, Cledes não resistiu e morreu na manhã desta segunda-feira, 05.

Em nota, a Coordenaria Regional de Ensino de Cerejeiras (CRE/SEDUC) lamentou a morte da servidora. O sepultamento será realizado na manhã de terça-feira, 06.

sicoob credisul
vacina 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO