Fotos: Reprodução

Logo nas primeiras horas desta quinta-feira, dia 08, a Polícia Civil, em Ji-Paraná, coordenados pela Delegada Regional Renata Stella, cumpriu um mandado de busca e apreensão e também a Prisão Temporária em desfavor do ex-vereador Obadias Ferreira da Silva, em uma chácara, na zona rural de Ji-Paraná.

Com a ajuda de uma escavadeira, os policiais começaram a procurar por uma cova, onde, segundo as investigações, o corpo da jovem Edilene Vieira da Silva estava enterrado.

Durante o interrogatório, o ex-vereador acabou confessando que matou Edilene, mas não revelou o motivo. Em seguida, levou os policiais até ao local onde enterrou o corpo.

A cova, feita por ele mesmo com aproximadamente 2,5 metros de profundida, foi localizada bem próximo a residência onde ele construiu para viver com a família, em sua chácara. Junto a ossada, os policiais também localizaram as roupas, documentos pessoais e o capacete da vítima.

Segundo a Polícia, as investigações ainda vão continuar, pois muita coisa precisa ser esclarecida.

sicoob credisul
vacina 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO