Assassinato aconteceu na quinta-feira / Foto: Divulgação

O assassinato brutal ocorreu na quinta-feira 08, em um comércio e chácara na BR-319, linha 17, quilômetro 12 após a ponte do rio Madeira, em Porto Velho. O sitiante identificado como Daniel Gomes da Gama, 64, foi morto com pelo menos 18 golpes de facão por um comerciante conhecido apenas como “Baiano”.

O acusado após o assassinato ligou para uma vizinha, confessou o crime e fugiu. Baiano ainda teria dito para ela: “Matei porque ele me chamou de moleque”.

A vítima teria ido até o local comprar uma garrafa de bebida alcoólica quando houve um desentendimento que terminou no assassinato cruel. Daniel sofreu cortes em diferentes partes do corpo. Um dos golpes quase chegou a decepar o braço do idoso. Policias militares da Força Tática estiveram no local junto com agentes da Delegacia Especializada em Crimes Contra a Vida (DECCV).

O corpo da vítima foi removido ao Instituto Médico Legal (IML) na viatura rabecão. A vítima faria 65 anos no próximo sábado 11.

sicoob credisul
vacina 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO